<img height="1" width="1" src="https://www.facebook.com/tr?id=519162955443293&amp;ev=PageView &amp;noscript=1">
Marketing

Está contratando uma agência de Inbound Marketing? Cuidado para não errar

O que avaliar em uma agência de Inbound Marketing? Como não errar na escolha? Pensando nisso, confira os principais pontos para analisar na hora da decisão!

Por Carlos Tesore
Sócio-fundador da Hook Digital

O que avaliar em uma agência de Inbound Marketing? Como não errar na escolha? O que deve ser levado em conta na hora da decisão?

Você já deve ter passado por uma situação parecida, especialmente se passou por algum processo de contratação de uma agência de Inbound Marketing. Basta pesquisar no Google ou pedir indicações para sair com uma boa lista de agências especializadas no assunto, já que no Brasil existem mais de 1.000 agências que prestam esse serviço. O desafio é encontrar a melhor opção nesse mundo de agências digitais onde tudo é muito similar, muito parecido. Todo mundo fala que é líder ou é a maior, tem a certificação A ou B, tem os melhores profissionais, etc, etc... Mas e aí, o que realmente faz a diferença? 

Foi pensando nesse cenário (nada fácil) que preparamos uma lista de quatro itens indispensáveis para análise de uma agência de Inbound Marketing para o seu negócio.

 

Obsessão por resultados

inbound marketing 2017.png

A maioria das agências tem um posicionamento focado em resultados, mas será que a entrega condiz com o discurso? 

Um bom caminho para descobrir se a agência é comprometida com resultados é pedir para demonstrar projeções para a sua empresa e cases de sucesso de outras empresas, preferencialmente no seu segmento. Dificilmente uma agência compartilhará dados de outros clientes, mas uma pequena amostra de resultados sempre é possível. Ainda falando de números, vale fazer outros questionamentos:

 

Certifique-se de que essa obsessão com métricas esteja em toda a agência. 

Se apenas os sócios falam em números, isso não é suficiente; a equipe toda deve ser focada em performance e em resultados. 

 

Processos, metodologia e sistemas 

Outro calcanhar de Aquiles das agências digitais é o modelo de gestão e metodologia de trabalho. Cada agência tem os seus e, novamente, fica difícil saber qual atenderá a sua necessidade e terá aderência ao seu perfil de negócio. Por exemplo: se você é uma empresa startup que usa a metodologia ágil, scrum, dificilmente terá sucesso com uma agência que utiliza um método tradicional.

Especialmente no Inbound o volume de trabalho é muito grande. O projeto exige execução e acompanhamento diário e muitas tarefas precisam ser implementadas com agilidade e qualidade. Ao analisar a agência, procure aquela que utiliza métodos modernos e metodologias ágeis de controle e gerenciamento de projetos; fuja das empresas que controlam as atividades em planilhas ou que simplesmente não controlam. Avalie também o software de controle de projetos - uma boa ferramenta de gestão permitirá que o processo seja executado de forma compartilhada, eficiente, rápida e repetitiva.  

Dica: Durante as conversas, pergunte como é feita a priorização do trabalho. Como é resolvido o conflito sobre o que trabalhar e quando? Se possível, peça uma demonstração prática da metodologia e da ferramenta de gestão antes mesmo de fechar o contrato. 

 

New Call-to-action

 

Papel consultivo ou operacional?

Esse é sem dúvida um dos itens mais importantes no momento da escolha. Inúmeras agências estão satisfeitas e bem felizes executando exatamente o que você solicita, sem qualquer interferência ou questionamento se está certo ou errado. Se isso está acontecendo, é hora de repensar tudo, pois certamente os resultados que você espera dificilmente serão alcançados. Por quê? Simples: se você soubesse o que fazer e como fazer não precisaria de uma agência de Inbound e sim de um fornecedor.

Uma boa execução não basta. É altamente recomendado que você escolha uma agência que tenha um perfil consultivo e conhecimento estratégico de negócios. A equipe da agência deve dizer-lhe o que precisa ser feito para atingir os resultados e não o contrário. É claro que você pode e deve participar das decisões, mas não dizer o que precisa ser feito. Se você não confia na agência para fazer o que é necessário para obter os resultados que você concordou, você contratou a agência errada.

 

Capacidade de otimização e agilidade 

inbound marketing 2017.1.png

É muito simples dizer que é necessário otimizar a campanha, mas como? 

Peça à sua agência potencial para apresentar quais métodos são utilizados para alavancar os resultados: como identificar campanhas que podem ser melhoradas? Como são criados os testes para melhorar o desempenho? Como é feita a análise de dados e a tomada de decisões?

Peça exemplos de otimização de campanhas e os resultados reais associados a esses esforços. Por que essas ações foram selecionadas? O que acontece quando os testes falham? Com essas perguntas você descobrirá se a agência está preparada para entregar as atividades mais importantes da estratégia de Inbound Marketing. Se esse trabalho estiver errado você terá resultados inferiores ao esperado.

Além desses 4 critérios, vale também consultar os 7 fatores de contratação de uma agência de Inbound Marketing. Confira!