<img height="1" width="1" src="https://www.facebook.com/tr?id=519162955443293&amp;ev=PageView &amp;noscript=1">
Marketing

E-mail Marketing: Não envie antes de ler! Parte 2

Fazer e-mail marketing está muito longe de apenas apertar o botão send. Leia este artigo antes de enviar sua campanha e confira nossas dicas!

Por Israel Degasperi
Pai do Bernardo e do Bazinga. Trabalho com Marketing Digital desde 2008. Sempre apaixonado por novas tecnologias. Aqui na Hook sou Gerente de Projetos, certificado em Growth Driven Design com foco em setup e melhoria continua.

Olá, tudo bem? Esta semana vamos continuar nosso guia prático para enviar e-mails de qualidade para nossa base. Se você não leu a parte 1 deste post, volte e comece do início.

 

Segmentação

Qual é a sua estratégia de segmentação? Enviar para o número máximo de pessoas possíveis? ISTO ESTÁ ERRADO! O básico do básico que pouca gente faz é manter sua base de e-mails atualizada e organizada.

 

Existem 2 principais formas de fazer segmentação. Store Information e Surface Information. Olha só:

 

Store Informations é quando você segmenta usando:

  • Dados da atividade no site,

  • Engajamento dentro do e-mail,

  • Atividade nas mídias sociais,

  • Cadastro em formulários,

  • Dados de outras ferramentas através de integração,

Surface Information é quando você pode:

  • Enviar e-mails personalizados,

  • Construir listas,

  • Criar gatilhos e automações,

  • Definir personas

  • Ter inteligência sobre o Lead.

Conteúdo e Design

No início deste post eu falei que o e-mail marketing é a mídia que você tem total controle. Pois é aqui, no conteúdo que você vai ter a oportunidade de convencer as pessoas a tomarem a decisão que você deseja.

Por isso, escolha essa ação com sabedoria.

E lembre-se, quantidade de e-mails entregues, cliques e e-mails abertos são métricas e não objetivos.

Objetivos para campanhas de e-mail são: inscrições em um webinar, download de um e-book, respostas numa pesquisa e até vendas.

A Newsletter é uma exceção pois nela é permitido você ter mais de um objetivo no conteúdo do e-mail. Geralmente ela é usada para agrupar as principais notícias do mês, ler os últimos artigos do mês no blog ou ver os produtos novos que chegaram em cada categoria de um e-commerce, por exemplo.

 

Com relação ao conteúdo as dicas são:

  • Use parágrafos curtos,

  • Seja objetivo,

  • Divida por categorias,

  • Use negrito, itálico ou sublinhado,

  • Use tópicos numerados ou bullet points,

  • Respeite os espaços em branco.

Use e abuse destes itens para facilitar a leitura do seu e-mail. É importante também usar o tom correto de voz sempre alinhado com sua persona, tomando o cuidado de abordar solução para os problemas e desafios que ela enfrenta. Outra dica que funciona muito bem é, personalizar sempre que puder, para que o leitor sinta que o e-mail é para ele especialmente e não foi disparado para milhões de pessoas aleatoriamente.

Tome muito cuidado com erros de português! Use a estrutura do triângulo invertido para atrair a atenção do leitor, quebrar objeções que possam surgir e converter na ação desejada.

Lembre-se de fazer o conteúdo otimizado para os dispositivos móveis e deixar a experiência agradável para o leitor em qualquer tamanho de tela. Além disso é preciso pensar em como o e-mail vai chegar nos “softwares de e-mail” que são muitos!

e-mail marketing-1.png

 

Evite a todo custo e-mails assim:

e-mail marketing 1.png

O layout do e-mail é muito importante. Ele anda sempre junto com o conteúdo. Atente-se a esses pontos:

  • Sempre coloque um link para ver a versão online do e-mail,

  • Use imagens com até 600px de largura, evite o scroll.

  • Use sempre html e css para a arte do e-mail,

  • Nunca envie e-mail com toda a mensagem numa imagem dentro do e-mail, pois será considerado SPAM na certa!

 

Call to Action

A função do Call to Action (CTA) é levar o leitor para fora do e-mail.

 

3 Dicas para você criar CTA’s que convertem:

  1. O que eu quero que o leitor faça?
  2. Porque eles devem fazer?
  3. Como eles saberão o que fazer?

 

Evite textos vagos nos botões como: Clique aqui, baixe agora ou saiba mais!

 

O Call to Action deve ser claro, objetivo e a prova de preguiçosos.

New Call-to-action

Só de olhar para o CTA o leitor deve saber exatamente o que virá pela frente.

Com estas dicas, espero que você já obtenha resultados muito melhores nas suas campanhas de emails. O tema é muito amplo e pretendo ainda escrever mais 2 artigos para dar continuidade a este, são eles: Email Marketing: Dicas de otimização mobile e Email Marketing: Criando uma estratégia de nutrição de leads.

Que tal? Se quiser deixar um comentário dizendo qual assunto mais te interessa, o mais citado vem antes!